Logotipo ou logomarca, eis a questão

Independentemente do que você venda ou ofereça, entrar no mercado exige muito empenho principalmente na hora da escolha de um logotipo. Ou seria logomarca?



Na verdade, o correto, o cerne da identidade visual de uma marca é logotipo. Vamos explicar o porquê:


Logo - Vem do grego "logos" que quer dizer "significado" ou "palavra". É um elemento do design gráfico reconhecível, geralmente tem um nome e um símbolo que representa uma marca, organização, empresa ou produto.


Exemplo: O cavalinho empinado é o logo da Ferrari.




Marca é a representação de um conceito, conjunto de elementos que dão valor a uma organização, empresa ou produto.


Exemplo: A cor Vermelho Ferrari faz parte da marca Ferrari.




Etimologicamente, marca (do germânico Marka) e logos são palavras sinônimas: ambas exprimem “conceito ou significado”.


Portanto, "Logomarca" seria "significado do significado", um neologismo redundante que não faz o menor sentido. Esqueça!



Logotipo - Formado por dois termos gregos: logos (significado) e typos (símbolo gráfico ou figura), logotipo é o arranjo visualmente distinto de letras pelas quais empresas, organizações ou produtos são reconhecidos.


Exemplo: A palavra Ferrari que é prontamente identificada em qualquer situação.



Você sabia...


Em 1875 a marca de cerveja Bass Pale Ale foi a primeira marca patenteada no Reino Unido. Com um design simples composto por um triângulo vermelho, a cerveja produzida por William Bass foi a mais comercializada em 1890 e foi imortalizada ao ser mencionada no romance "Ulysses" do escritor irlandês James Joyce e em uma série de obras de arte modernistas, incluindo pinturas e colagens de Pablo Picasso e no óleo sobre tela "Un bar aux Folies-Bergère" de Édouard Manet, exibido no Salão de Paris em 1882.











Siga-nos
  • Pinterest - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
Recentes
Outros posts